ACCESSIBILITY INDEX ELABORATION BY NETWORK GEOSPATIAL ANALYSIS

  • Raphael e Silva Girão Universidade Estadual do Rio de Janeiro
  • Willian Alberto de Aquino Pereira Sinergia Estudos e Projetos
  • Pedro José Farias Fernandes UFF

Abstract

The objective of this study is, by means of geoprocessing techniques, to prepare an accessibility index and use it to evaluate the suitability of the public transport network offered to the various regions and social classes present in the metropolitan area of Rio de Janeiro (RMRJ). This study starts from the premise that there is a socio-spatial segregation, which is unlikely to change. Thus, the proposed accessibility index aims to assess the quality of the public transport structure offered regarding its connectivity to different locations and jobs as well as the ease (or difficulty) of access to different public transport modes. The results indicate that the public transport system i is ineffective as an instrument for overcoming socio-spatial segregation, as there is a tendency for individuals with lower incomes to occupy areas with the lowest level on the proposed accessibility index. This tendency can be explained by the higher quality of public transport in the central regions and the increased value of areas with a better supply of transport, even in peripheral areas.

Author Biographies

Raphael e Silva Girão, Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Geógrafo graduado pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Especialista em Geologia do Quaternário pelo Museu Nacional (UFRJ), Especialista em Geoprocessamento pela Pontifícia Universidade Católica (PUC/MG) e Mestre em Geociências pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atuando há mais de 5 anos na área de geoprocessamento e sensoriamento remoto, trabalhando com modelagem e análise geoespacial; análises geoestatísticas; e inferência geográfica. Atualmente é servidor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro como Técnico Universitário - Geoprocessamento, vinculado ao Laboratório de Estudos Tectônicos (LET) e ao Grupo de Pesquisa em Geotectônica TEKTOS, ambos da Faculdade de Geologia da UERJ.Também é Professor Tutor do curso de graduação em Geografia da UERJ vinculado ao CEDERJ.
Willian Alberto de Aquino Pereira, Sinergia Estudos e Projetos
Engenheiro Civil pela UFJF, M.Sc. pela COPPE/UFRJ em Engenharia de Transportes pela COPPE/UFRJ, trabalhou por 20 anos no Setor Público e se dedica à consultoria há mais de 40 anos, sempre em transportes, atuando no planejamento, acompanhamento de implantação, capacitação e treinamento em: Transporte Público; Sistema Viário e Trânsito Urbano; Tráfego Rodoviário; Viabilidade Técnico-Econômico-Financeira e Logística, inclusive com experiência internacional. É fundador e Coordenador Regional no Rio de Janeiro da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), e membro do Conselho Administrativo do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM).
Pedro José Farias Fernandes, UFF
É Geógrafo formado pela Universidade Federal Fluminense (2010) com experiência em Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento. Possui mestrado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2013). Atua na área de mapeamento geomorfológico, e em estudos sobre o meio físico a partir de Modelos Digitais de Elevação, imagens ópticas e de radares de abertura sintética (SAR).
Published
04/03/2017
How to Cite
GIRÃO, Raphael e Silva; PEREIRA, Willian Alberto de Aquino; FERNANDES, Pedro José Farias. ACCESSIBILITY INDEX ELABORATION BY NETWORK GEOSPATIAL ANALYSIS. Mercator, Fortaleza, v. 16, mar. 2017. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1684>. Date accessed: 23 may 2018. doi: https://doi.org/10.4215/rm2017.e16011.
Section
ARTICLES