CENTRALIZAÇÃO DO CAPITAL NO SETOR IMOBILIÁRIO E RECONFIGURAÇÃO DAS METRÓPOLES /// \\\ THE CENTRALIZATION OF CAPITAL IN THE PROPERTY SECTOR AND THE RESTRUCTURING OF METROPOLITAN AREAS

  • Daniel Sanfelici Universidade Federal Fluminense

Abstract

Na esteira das transformações recentes nos negócios imobiliários no Brasil, muitas pesquisas abordaram as repercussões econômicas e socioespaciais da formação de grandes grupos empresariais com abrangência nacional. Na discussão sobre as forças econômicas que viabilizaram a expansão de um grupo pequeno de incorporadoras, é recorrente (embora implícito) o entendimento de que o caráter tardio do processo de centralização do capital nos negócios imobiliários decorreria do poder das elites regionais de preservarem para si o segmento imobiliário como órbita exclusiva de valorização de seus capitais. Embora reconhecendo que o argumento possa ter validade parcial, pretende-se, aqui, argumentar que o ingresso tardio dos negócios imobiliários na dinâmica de formação de grupos econômicos nacionais decorre, prioritariamente, do caráter singular da mercadoria imóvel, que impõe uma série de obstáculos à centralização do capital no setor. O artigo organiza-se em três partes. Inicialmente, oferecemos alguns apontamentos teóricos em torno do conceito de centralização do capital. Em seguida, na segunda seção, discutimos as circunstâncias econômicas que diferenciam o processo de centralização no setor imobiliário. Por fim, refletimos sobre a relevância do conceito de centralização do capital para pensar as mudanças urbanas recentes.

Palavras-chave: Centralização do capital; Financeirização; Mercado Imobiliário; Reestruturação urbana.

Abstract

IFollowing the recent changes in Brazil’s real estate industry, many researches have focused on the economic and socio-spatial effects of the appearence of large, nationally-operating business groups. In discussing the economic forces behind this expansion of a small group of developers, it is common (though implicit) the understanding that the centralization of capital was delayed in this sector due to regional elites’ capacity to preserve the property sector as an exclusive field for the operation of their capitals. While recognizing that the argument may be partially valid, we argue that the late development of large property business groups results, primarily, from the unique character of property as a commodity, which creates obstacles to the centralization of capital in the real estate sector. The paper is divided into three sections. Initially, we offer a few theoretical signposts around the concept of centralization of capital. Then, in the second part, we discuss the economic circumstances that differentiate the centralization of capital in the real estate sector. Finally, we consider the relevance of the concept of centralization to deal with recent changes in urban areas.

Key words: Centralization of capital; Financialization; Real estate market; Urban restructuring.

Resumen

En vista de las transformaciones recientes ocurridas en los negocios inmobiliarios en Brasil, muchas investigaciones han abordado las repercusiones económicas y socioespaciales de la formación de grandes grupos empresariales de alcance nacional. En la discusión sobre las fuerzas económicas que viabilizaron la expansión de un grupo pequeño de promotoras inmobiliarias, es recurrente (aunque implícito) el entendimiento de que el carácter tardío del proceso de centralización del capital en los negocios inmobiliarios resultaría del poder de las élites regionales de preservar para sí el segmento inmobiliario como órbita exclusiva de valorización de sus capitales. Aun reconociendo que el argumento pueda ser parcialmente válido, se pretende argumentar aquí que el ingreso tardío de los negocios inmobiliarios en la dinámica de formación de grupos económicos nacionales resulta, prioritariamente, del carácter singular de la mercadería inmueble, que impone una serie de obstáculos a la centralización del capital en el sector. El artículo se organiza en tres partes. Inicialmente, ofrecemos algunos apuntes teóricos sobre el concepto de centralización del capital. A continuación, en la segunda sección, discutimos las circunstancias económicas que diferencian el proceso de centralización en el sector inmobiliario. Por último, reflexionamos sobre la relevancia del concepto de centralización del capital para pensar los cambios urbanos recientes.

Palabras clave: Centralización del capital; Financierización; Mercado Inmobiliario; Reestructuración urbana.

Author Biography

Daniel Sanfelici, Universidade Federal Fluminense
Doutor (2013) em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de Doutorado no Center for Place, Culture and Politics (CUNY/Graduate Center) entre agosto de 2010 e junho de 2011, quando foi bolsista do convênio Capes/Fulbright. Foi pesquisador de pós-doutorado na Universidade Federal Fluminense no ano de 2014 (Capes/PNPD) e no Laboratoire Techniques, Territoires et Sociétés (LATTS), Université Paris-Est (janeiro a outubro de 2015), onde desenvolveu pesquisa em colaboração com Dr. Ludovic Halbert. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense e está vinculado ao Núcleo de Estudos e Pesquisas Urbanas (NEURB). Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em estudos urbanos e economia política urbana. Seus interesses de pesquisa incluem os seguintes temas: mercado imobiliário, uso e ocupação do solo urbano, reestruturação urbana, políticas urbanas e financeirização da economia.
Published
15/03/2016
How to Cite
SANFELICI, Daniel. CENTRALIZAÇÃO DO CAPITAL NO SETOR IMOBILIÁRIO E RECONFIGURAÇÃO DAS METRÓPOLES /// \\\ THE CENTRALIZATION OF CAPITAL IN THE PROPERTY SECTOR AND THE RESTRUCTURING OF METROPOLITAN AREAS. Mercator, Fortaleza, v. 15, n. 2, p. 7-21, mar. 2016. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1195>. Date accessed: 30 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Centralização do capital; Financeirização; Mercado imobiliário; Reestruturação urbana