MITO E CIENCIA NAS INTERPRETAÇÕES SOBRE PAUL VIDAL DE LA BLACHE (myth and science in the interpretations about Paul Vidal de la Blache)

  • Guilherme da Silva Ribeiro Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica (RJ), Brasil

Abstract

O artigo em tela problematizará algumas das principais interpretações ao redor da Geografia de Paul Vidal de la Blache. Questionando-as à luz de uma análise histórica e epistemológica, a intenção maior é recuperar a riqueza do legado vidaliano no início do século XXI. Nesse sentido, quatro tópicos merecem destaque: o falso debate possibilismo-determinismo, o papel da geopolítica, a escala regional e o positivismo. 

Palavras-chave: Paul Vidal de la Blache, história do pensamento geográfico, Escola Francesa de Geografia.

ABSTRACT

This article discusses some of the main interpretations of Paul Vidal de la Blache’s geography through a historical and epistemological analysis. The purpose is take back his legacy at the beginning of XXIth century. In this sense, the most essential topics are considered: the false debate possibilism-determinism ; the role of the geopolitic ; the regional scale, and the positivism.

Key words: Paul Vidal de la Blache; history of geographical thought; French School of Geography.

RESUME

A travers d’une analyse historique et épistémologique, cet article veut interroger quelques interprétations les plus connues autour de la Géographie de Paul Vidal de la Blache. En soulignant le faux débat possibilisme-determinisme, le rôle de la géopolitique, l’échelle régionale et le positivisme, on veut récupérer la richesse de l’héritage vidalienne au début du XXIème siècle.

Mots-Clés: Paul Vidal de la Blache, Histoire de la pensée géographique, École Française de Géographie.

Author Biography

Guilherme da Silva Ribeiro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica (RJ), Brasil
Dutor (2005-2008) em Geografia pela Universidade Federal Fluminense e pós-doutorado (2011-2012) em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Fez um ano de doutorado-sanduíche pela Université Paris IV-Sorbonne (2007-2008) sob a orientação de Paul Claval. Neste período, estudou na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais (EHESS) e na Escola Normal Superior (ENS). Lecionou no curso de Licenciatura Plena em Geografia da UERJ-FFP (2004); coordenou e foi Professor Assistente do curso de Geografia da Fundação Educacional da Região dos Lagos (2005-2006); organizou e lecionou no curso de Pós-Graduação Lato Sensu em História Contemporânea da Universidade Veiga de Almeida (2008), além de ter sido Professor Assistente desta instituição nos cursos de Serviço Social, Turismo e História (2002-2008). Professor Adjunto de Geografia na Universidade Federal Fluminense (Campos dos Goytacazes) de 2009 a 2011. Co-fundador e co-líder do Núcleo de Pesquisas Espaço e Economia (NUPEE) em 2009. Idealizador e coordenador do Laboratório Política, Epistemologia e História da Geografia (LAPEHGE) em 2012. Um dos editores e fundadores da ";;;Espaço & Economia. Revista Brasileira de Geografia Econômica";;; (http://espacoeconomia.revues.org/) e da ";;;Continentes. Revista de Geografia do Departamento de Geociências da UFRRJ";;; (http://r1.ufrrj.br/revistaconti/index.php/continentes). Um dos organizadores do livro ";;;Vidal, Vidais. Textos de Geografia Humana, Regional e Política";;; (Editora Bertrand Brasil, 2012). Trabalha com tradução de artigos de geógrafos de língua francesa desde 2006. Agraciado com o Prêmio Capes de Tese (edição 2009) na área de Geografia por ";;;Espaço, Tempo e Epistemologia no Século XX: a Geografia na Obra de Fernand Braudel.
Published
13/08/2014
How to Cite
RIBEIRO, Guilherme da Silva. MITO E CIENCIA NAS INTERPRETAÇÕES SOBRE PAUL VIDAL DE LA BLACHE (myth and science in the interpretations about Paul Vidal de la Blache). Mercator, Fortaleza, v. 13, n. 2, p. 7 a 21, aug. 2014. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1323>. Date accessed: 03 july 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Paul Vidal de la Blache; história do pensamento geográfico; Escola Francesa de Geografia; Lucien Febvre; Yves Lacoste