DINÂMICA URBANA DE ESPAÇOS EM CRISE: PORTO PRÍNCIPE/HAITI /// \\\ URBAN DYNAMIC IN SPACES OF CRISIS: PORT PRINCE/HAITI

  • Adriano Bittencourt Andrade UNB

Abstract

Esse artigo aborda as diversas facetas de crises que se espacializam no meio urbano. O texto desse artigo, à luz da dinâmica que rege o espaço geográfico, se debruça sobre as crises urbanas e lança um olhar focal sobre o caso do Haiti, avaliando as repercussões das crises que se entrecruzam (crise política, luta armada, intervenção externa, bruscos fenômenos naturais – terremoto e furacões –, dentre outros) no espaço urbano de Porto Príncipe, sua capital. Para a produção desse artigo, a pesquisa se desenvolveu em duas frentes: recorreu-se às fontes bibliográficas acerca do Haiti e da própria temática em foco; e fez-se entrevistas diretas com militares que participaram, representando o Exército Brasileiro, da Missão de Paz da ONU no Haiti. Analisa-se a relação entre a produção material do espaço e a sua ocupação e uso social, trazendo elementos para entender a profunda fragmentação que há na cidade gerando uma dinâmica interna absolutamente dicotômica entre uma pequena elite e a imensa população que vive em espaços de exceção. Mais que apresentar uma miríade de informações e dados sobre o paupérrimo país antilhano, esse artigo, a partir de uma realidade concreta, lança “flechas” interpretativas sustentado na análise da configuração territorial e, assim, estimula o debate que, para além da perspectiva local, tende a encontrar reflexo em vários outros lugares do mundo.

Palavras-chave: Crise. Espaço urbano. Haiti. Porto Príncipe. MINUSTAH.

Abstract

This paper addresses the different facets of the crisis that take place in the Urban space. The discussing of this article, considering the dynamics that leads the geographical area, focus its attention on urban crisis and puts its eyes on Haiti case. Evaluating the repercussions of the crisis that interwoven themselves (political crisis, armed struggle, external intervention, sudden natural disasters – earthquakes and hurricanes) in the Urban space of Port Prince, its capital. In order to produce this paper the research was conducted in two ways: consulted the bibliographical resources on Haiti and on the theme on focus itself; and it was done direct interviews with militaries that took part, representing Brazilian Army, in the United Nations Mission in Haiti. This article analyses the relation between documental production of the space and its occupation and social use, bringing elements to understand the deep fragmentation that exist in the city, which generates a internal dynamics completely dichotomous  between the small elite and the huge population that lives in places of exception. More than present a myriad of information and data about the very poor Antillean country, this paper, considering a concrete reality, suggests some nuances of interpretations based on the analysis of the territorial configuration, and, thus, encourages discussions that, beyond the local perspective, try to find out a reflect in many other places in the world.

Key words: Crisis. Urban Space. Haiti. Port Prince. MINUSTAH. 

Resumen

Este artículo aborda las diversas facetas de la crisis que se materializó en el espacio urbano. El texto de este artículo, a la luz de las dinámicas que rigen el espacio geográfico, se centra en las crisis urbanas y echa un vistazo al caso focal de Haití, evaluar el impacto de las crisis que se cruzan (crisis política, los conflictos armados, la intervención externa, los desastres naturales repentinos - terremotos y huracanes - entre otros) en el área urbana de Puerto Príncipe, la capital. Para la producción de este artículo, la investigación se ha desarrollado en dos frentes: se recurrió a las fuentes bibliográficas sobre Haití y su propio enfoque temático; y hubo entrevistas directas con los soldados que tomaron parte, en representación del Ejército de Brasil, la Misión de Mantenimiento de la Paz de la ONU en Haití. Este artículo análisis la relación entre la producción de material de espacio y su ocupación y uso social de proporcionar elementos para comprender la profunda fragmentación que hay en la ciudad generando un absolutamente dicotómicas dinámica interna entre una élite y la gran población que vive en los espacios de excepción. En lugar de presentar una gran cantidad de información y datos sobre el empobrecido país antillano, en este artículo, a partir de una realidad concreta, lanza “flechas” de interpretaciones sostenidas en el análisis de la configuración territorial y por lo tanto estimula el debate, más allá de la perspectiva local tiende a reflejarse en muchos otros lugares del mundo.

Palabras Clave: Crisis; Espacio urbano; Haití; Puerto Príncipe; MINUSTAH. 

Author Biography

Adriano Bittencourt Andrade, UNB
Possui graduação em licenciatura em Geografia pela Universidade Católica do Salvador (1993), Pós-Graduação (especialização) em Metodologia e Didática do Ensino Superior pela Universidade Católica do Salvador (1999), mestrado em Geografia pela Universidade Federal da Bahia (2003) e doutorado pela Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia.Desde 2014 faz estágio de Pós-Doutoramento no Departamento de Geografia da UNB. É professor RJU - Colégio Militar de Brasília. Tem experiência no ensino de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Salvador, Geografia Urbana, Geografia do Turismo, Espaço intra-urbano, Geografia Histórica e configuração espacial.
Published
16/11/2016
How to Cite
ANDRADE, Adriano Bittencourt. DINÂMICA URBANA DE ESPAÇOS EM CRISE: PORTO PRÍNCIPE/HAITI /// \\\ URBAN DYNAMIC IN SPACES OF CRISIS: PORT PRINCE/HAITI. Mercator, Fortaleza, v. 15, n. 4, p. 15-26, nov. 2016. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1457>. Date accessed: 30 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Crise; Espaço urbano; Haiti; Porto Príncipe; MINUSTAH