A SOCIAL USEFUL GEOMORPHOLOGY: NATURAL HAZARDS IN EVIDENCY

  • Bernard Hétu Université du Quebec

Abstract

O presente ensaio esboça reflexão sobre o papel do geógrafo físico, especificamente o geomorfólogo, na prevenção e na gestão dos riscos naturais. Nele serão abordados os riscos ligados à dinâmica externa inundações, cheias, erosão do litoral, movimentos de terra, avalanches etc. Embora acompanhados de conseqüências geomorfológicas agravantes (Tricart, 1982; Thouret, 1990), os riscos de origem tectônica (erupções vulcânicas, abalos sísmicos) ou puramente climáticos (geadas) não serão examinados. O artigo em evidencia se divide em três partes. Após uma discussão sobre as noções de risco, de acidentes inesperados e de catástrofes naturais, precisamos suas causas, tanto naturais quanto sociais, examinando, em seguida, algumas pistas de solução que sublinham a contribuição eventual do geógrafo-geomorfólogo.

How to Cite
HÉTU, Bernard. A SOCIAL USEFUL GEOMORPHOLOGY: NATURAL HAZARDS IN EVIDENCY. Mercator, Fortaleza, v. 2, n. 3, nov. 2008. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/168>. Date accessed: 02 apr. 2020. doi: https://doi.org/10.4215/rm.v2i3.168.
Section
ARTICLES