A VIRADA ESPACIAL /// \\\ THE SPATIAL TURN

  • Ana Fani Alessandri Carlos Universidade de São Paulo - São Paulo (SP)

Abstract

Do ponto de vista da geografia,  o artigo desenha uma perspectiva teórico-metodológica  de análise da realidade urbana,  partir da centralidade  da categoria “produção do espaço”, como momento constitutivo do caminho que formula a chamada  metageografia.  Uma hipótese se desenvolve ao longo deste artigo: o processo de reprodução da sociedade se realiza, no mundo moderno,  através da produção do espaço urbano.  É através da produção do  espaço que o capital  se realiza apontando a constituição do urbano como negócio e inaugurando novas contradições ( sem deixar todavia de aprofundar outras), que estão no fundamento da luta pelo espaço da vida,  iluminando um projeto de transformação orientado pela ideia  do “direito à cidade”.  

Palavras-chave: Espaço urbano; Metageografia; Urbano como negócio; Direto à cidade.

Abstract

From the point of view of geography, this article outlines a theoretical-methodological perspective foranalyzing urban reality based on the centrality of the category of “space production” as a constitutive moment of the path that formulates the so-called metageography. One hypothesis is developed over the course of this paper: there production process of society takes place, in the modern world, through urban space production. It is through space production that capital is attained, thus pointing out the constitution of what is urban as a business and introducing new contradictions (without ceasing to intensify other ones), which are at the basis of the struggle for space in life. This shines light on a transformation project guided by the idea of the “right to the city”.

Key words: Urban space; Metageography; Urban as a busness; Rights to the city.

Resumen

Desde una perspectiva de la geografía, el artículo dibuja un punto de vista teórico y metodológico de análisis de la realidad urbana, desde la centralidad de la categoría de “producción del espacio” como momento constitutivo de la manera que hace que la llamada metageografia. Una hipótesis se desarrolla a lo largo de este artículo: el proceso de reproducción de la sociedad se lleva a cabo en el mundo moderno a través de la producción del espacio urbano. Es a través de la producción del espacio que el capital se realiza apuntando a la constitución de la ciudad como un negocio y la apertura de nuevas contradicciones (sin dejar sin embargo profundizar otros), que son el fundamento de la lucha por la vida en el espacio, la iluminación de un proyecto de transformación guiada por la idea el “derecho a la ciudad”.

Palabras clave: Espacio urbano; metageografia; urbano y de negocios; directo a la ciudad.

Author Biography

Ana Fani Alessandri Carlos, Universidade de São Paulo - São Paulo (SP)
Professora Titular do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Doutora (1987) e Livre-Docência (2000) em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo. Atualmente coordena o Grupo de Estdos sobre São Paulo (GESP), o Labur Edições e a Revista ALEFt no Laboratório de Geografia Urbana (LABUR/DG/FFLCH/USP). Autora e organizadora de vários livros na área de Geografia Urbana. Suas pesquisas e reflexões se voltam, principalmente, para os seguintes temas: espaco, cidade, cotidiano, metropole e geografia urbana, teoria e método, com a perspectiva de construção de uma Metageografia. Bolsista Produtividade CNPq.
Published
12/02/2016
How to Cite
CARLOS, Ana Fani Alessandri. A VIRADA ESPACIAL /// \\\ THE SPATIAL TURN. Mercator, Fortaleza, v. 14, n. 4, p. 7-16, feb. 2016. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1779>. Date accessed: 03 july 2020.

Keywords

espaço urbano; metageografia, urbano como negócio, direto à cidade.