A CIDADE E A FABRICAÇÃO DO SENSÍVEL NA SOBREMODERNIDADE /// \\\ THE CITY AND THE MANUFACTURING SENSITIVITY IN OVERMODERNITY

  • Antonio Carlos Queiroz Filho Universidade Federal do Espírito Santo

Abstract

Este artigo versa sobre o papel da política das imagens e seus desdobramentos nos modos de dizer-ver-sentir a cidade e a vida urbana contemporânea. Como objetivo principal, visa discutir conceitualmente a potência da sensibilidade, via imaginação e poesia, como formas de ampliar os horizontes explicativos da Ciência Geográfica. Para isso, buscou-se apontar o papel desses valores como parâmetros investigativos importantes para os estudos sobre a cidade e os fluxos da vida urbana (mobilidades), na tentativa de compreender os desafios e paradoxos existentes no contexto de mundo sobre-moderno.

Palavras-chave: Cidade; Experiência; Imagem; Imaginação; Mobilidade; Sobremodernidade. 

Abstract

This article examines the role of the politics of images and their developments in the ways of saying-seeing-feeling the city and contemporary urban life. Its main objective is to conceptually discuss the power of sensitivity, through imagination and poetry, as forms of expanding the explanatory horizons of Geographic Science. To that end, the role of these values as important investigative parameters for studies on the city and the flows of urban life (mobilities) is discussed in an attempt to understand the challenges and paradoxes that exist in the context of an overmodern world. 

Key words: City; Experience; Iimage; Imagination; Mobility; Overmodernity. 

Résumé

Cet article se concentre sur le rôle de la politique d’images et de son développement en façons de dire-voir sentir la ville et la vie urbaine contemporaine. Il a pour objectif principal que de discuter sur le plan conceptuel de la puissance de la sensibilité, par l’imagination et de la poésie, comme des moyens d’élargir les horizons explicatifs de la science géographique. Pour cela, nous avons essayé de souligner le rôle de ces valeurs en tant que paramètres importants d’investigation pour les études de la ville et les flux de la vie urbaine (mobilité) pour tenter de comprendre les défis et paradoxes existants dans le cadre de plus de monde moderne.
Mots-clés: Ville; Expérience; Image; Imagination; Mobilitie.

Author Biography

Antonio Carlos Queiroz Filho, Universidade Federal do Espírito Santo

 Professor Efetivo no Curso de Geografia e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia (Mestrado e Doutorado) - PPGG da Universidade Federal do Espírito Santo-UFES. Líder do Grupo de Pesquisa RASURAS - Imaginação Espacial, Poéticas e Cultura Visual e do GRAFIAS - Laboratório de Geografia Criativa. É também pesquisador do Grupo de Fenomenologia e Geografia (FCA-UNICAMP/CNPq) e editor da Seção ";;;;;Experimentações";;;;; da Revista Geograficidade (UFF). Desenvolve pesquisas em Epistemologia da Geografia Contemporânea, com ênfase nos estudos sobre a Geografia da Diferença (Estudos Deleuzianos e pós-estruturalismo) e Geografia das Imagens (Imaginação Espacial e Política das Imagens). É professor da disciplina Geografia da Mobilidade, onde aborda o papel do pensamento e do humanismo na produção das cidades e na compreensão de seus fluxos. 

Published
11/07/2016
How to Cite
QUEIROZ FILHO, Antonio Carlos. A CIDADE E A FABRICAÇÃO DO SENSÍVEL NA SOBREMODERNIDADE /// \\\ THE CITY AND THE MANUFACTURING SENSITIVITY IN OVERMODERNITY. Mercator, Fortaleza, v. 15, n. 3, p. 7-17, july 2016. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/1801>. Date accessed: 30 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

cidade; experiência; imagem; imaginação; mobilidade; sobremodernidade