INOVAÇÕES NA POLÍTICA DE INTERVENÇÃO EM ASSENTAMENTOS POBRES (innovations in the political intervention in low income housing areas)

  • Maria Ângela de Almeida Souza Universidade Federal de Pernambuco
  • Marta Santa Cruz Pordeus Universidade Federal de Pernambuco

Abstract

Este texto analisa uma experiência concreta de intervenção em áreas pobres, financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, por meio do Programa Habitar Brasil-BID do Governo Federal, que introduz inovações em relação aos programas de mesma natureza implantados na década de 1980 pelo Banco Nacional de Habitação - BNH. Tais inovações consistem na vinculação dos investimentos destinados à urbanização/regularização dos assentamentos pobres aos recursos destinados à promoção social para as famílias residentes na área de intervenção, o que pressupõe investimentos no desenvolvimento das instituições gestoras da política habitacional local. O texto inicia com as bases conceituais dessas inovações, pautadas na nova concepção de desenvolvimento, que vem sendo posta em debate, a partir do final século XX, consolidando a ideia de que as variáveis econômicas não são suficientes para produzir desenvolvimento socialmente justo e ambientalmente sustentável. Como conclusão da análise da experiência constata-se que, apesar dos investimentos e dos esforços empreendidos, o governo municipal reproduz antigas soluções de políticas habitacionais, que foram objeto de criticas já nos anos 1970/80, ameaçando a viabilização das inovações introduzidas na busca de modos de vidas sustentáveis para as famílias beneficiadas e recolocando a questão da intervenção nos espaços de pobreza das cidades brasileiras na pauta de discussões.     

 

Palavras-chave: Inovações na política habitacional, Intervenção em assentamentos pobres, Modos de vida sustentáveis.

 

Abstract 

This paper analyses the experience of intervening in low income housing areas, financially supported by the bank Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, via the program called Programa Habitar Brasil-BID from the federal government of Brasil, which introduces innovations regarding programs of similar type implemented in the 1980’s by the bank Banco Nacional de Habitação - BNH. Such innovations consist of linking the investments towards the urbanization/regularization of the homes built in low income housing areas to resources intended for the social promotion of the families residing in the intervened areas, which presupposes investments in the development of institutions that implement the housing politics. The paper initially introduces the conceptual ideas of these innovations, based on the new development conception, which has been a topic of discussion since the end of the XX century, and that have been consolidating the idea that the economic variables are not sufficient to promote a development that is socially fair and environmentally sustainable. As a conclusion from the analysis of the experience, it becomes evident that, even with the investments and efforts undertaken, the county government reproduce old solutions of political housing, which were target for criticism in the years during 1970 and 1980, putting at risk the feasibility of innovations introduced in the search for sustainable life styles for the beneficiary families and relocating the intervention issues in areas of poverty of Brazilian cities in discussion.  

Keys Words: Inhabitation Political Innovations, Interventions in poor settlements, Sustainable Life Style.

Author Biography

Maria Ângela de Almeida Souza, Universidade Federal de Pernambuco
Professora do

Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano da UFPE

CAIXA POSTAL 7119 - CEP: 50780-970, Recife (PE), Brasil

masouza@hotlink.com.br

Published
12/02/2009
How to Cite
SOUZA, Maria Ângela de Almeida; PORDEUS, Marta Santa Cruz. INOVAÇÕES NA POLÍTICA DE INTERVENÇÃO EM ASSENTAMENTOS POBRES (innovations in the political intervention in low income housing areas). Mercator, Fortaleza, v. 7, n. 14, p. p. 49 a 56, feb. 2009. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/202>. Date accessed: 06 apr. 2020.
Section
ARTICLES