O PENSAMENTO GEOGRÁFICO NA OBRA MACUNAÍMA: “o herói sem nenhum caráter" (geographic thought in the Macunaíma novel: "the hero without anycharacter")

  • Antônio Carlos Vitte Universidade de Campinas - São Paulo
  • Giuliano Coutinho Universidade de Campinas - São Paulo

Abstract

O presente trabalho examina o pensamento geográfico na obra Macunaíma de Mário de Andrade. A premissa é que o espaço geográfico enquanto representação de uma sociedade em uma determinada época pode congregar as discussões sobre a nacionalidade e a construção de uma nação. Macunaíma representa uma proposta de nação, cujos fundamentos estão erigidos na cultura e na natureza do Brasil. A tese em Macunaíma  para o desenvolvimento do Brasil fundamenta-se em um projeto des-geografização, ou seja, era necessário o  rompimento dos arquipélagos regionais, que representavam um entrave para a construção da nação. Em Mário de Andrade, o território surge  como produto da relação e da mediação  entre a  cultura e a natureza,  relação necessária para o desenvolvimento do Brasil.

Palavras-Chave: Pensamento Geográfico; Macunaíma; Arquipélagos Regionais; Cultura; Natureza; Nação.

ABSTRACT

This paper examines the geographical thought in Mário de Andrade's novel Macunaíma. Geographical space is taken as a premise representation of society in a specific time in order to bring together discussions on nationality and national construction. Due to the foundations erected in the culture and nature of Brazil, Macunaíma represents a proposal of nation. Macunaíma thesis for the development of Brazil is based on a de-geographic project necessary to break the ";;;regional islands";;; that represent an obstacle for the national building. According to Mario de Andrade territory is a relational product of mediation between culture and nature necessary for the development of Brazil.

Key words: Culture, Geographic Thought, Macunaíma; Nature, Nation, Regional Island.

RESUMEN

Este documento examina el pensamiento geográfico en la labor Macunaíma Mario de Andrade. La premisa es que el espacio geográfico como una representación de una sociedad en un momento determinado puede reunir a los debates de la
nacionalidad y la construcción de la nación. Macunaíma se propone como una nación cuyos cimientos se erigen en la cultura y la naturaleza en el Brasil. La tesis de Macunaíma de desarrollo de Brasil se basa en un proyecto-des  geographisation, es decir, era necesario romper los archipiélagos regionales, lo que representa un obstáculo para la construcción de la nación. De Andrade, la zona es tanto producto de la relación y la mediación entre la cultura y la naturaleza, el respeto por el desarrollo de Brasil.
Palabras clave: 

Palabras-Claves: Pensamiento geográfico; Macunaíma; Archipiélagos Regional, Cultura, Naturaleza, La Nación.


DOI: 10.4215/RM2009.0817.0003 

Author Biography

Antônio Carlos Vitte, Universidade de Campinas - São Paulo
Professor do Instituto de Geociências
Published
10/02/2010
How to Cite
VITTE, Antônio Carlos; COUTINHO, Giuliano. O PENSAMENTO GEOGRÁFICO NA OBRA MACUNAÍMA: “o herói sem nenhum caráter" (geographic thought in the Macunaíma novel: "the hero without anycharacter"). Mercator, Fortaleza, v. 8, n. 17, p. 33 a 54, feb. 2010. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/269>. Date accessed: 06 apr. 2020.
Section
ARTICLES