PRESSÃO URBANA EM ÁREAS DE FLORESTAS: HISTÓRIA E CONFLITOS DA PROTEÇÃO AMBIENTAL (pressure on urban forests: city of Sao Paulo, Brazil)

  • Neli de Mello-Thery USP
  • Benedito Oscar Correia USP

Abstract

O objetivo deste artigo ora apresentado é analisar o processo de urbanização na cidade de São Paulo, sendo o Parque da Serra da Cantareira e Capivari-Monos (APA) nosso estudo de caso, sendo os dois pertencentes ao núcleos do conjunto da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo. Diante deste quadro o processo histórico de desarticulação das políticas ambientais assume papel preponderante. Este artigo foi calcado em livros de autores reconhecidos a respeito do assunto e visitas de campo, os quais serviram de balizamento para a sua conclusão. A intenção foi demonstrar o avanço urbano sobre as áreas acima citadas, relacionando com a fragilidade ambiental que estas regiões apresentam e também a sua importância para a preservação de espécies da flora e da fauna.

Palavras-chaves: Urbanização, Parque da Serra da Cantareira, Capivari-Monos, pressão antrópica

ABSTRACT

The aim of this article is to analyze how the process of urbanization in the city of Sao Paulo resulted in pressure on urban forests, taking the Parque da Serra da Cantareira and APA Capivari as objects of the study. The two protected areas were chosen because they constitute part of the Biosphere Reserve of the Green Belt of São Paulo (RBCV), currently one of the instruments of environmental policy. In the historical process of replacement of forests with other land uses, point to the weaknesses that these regions have as well as importance for the preservation of species of flora and fauna. Constituted basically literature, the documents establishing the Reserve, field visits, interviews with responsible management and opinions of authors recognized.

Key words: Urbanization, Park Cantareira, APA Capivari-Monos, Anthropogenic Pressure

RESUMEN

Este artículo analisa cómo el proceso de urbanización en la ciudad de São Paulo resultó en una presión sobre los bosques urbanos. Por este motivo, estudiaremos los casos del Parque Serra da Cantareira y la APA Capivari-Monos.Las dos unidades de conservación fueron escogidos por el hecho de que son núcleos de Reserva de la Biósfera del Cinturón Verde de São Paulo (RBCV), uno de los instrumentos actuales de la Política Ambiental. El proceso histórico de sustitución de los bosques por otros usos del suelo apunta las fragilidades que estas regiones así como su importáncia para la preservación de especies de flora y fauna. Constituiran literatura basica y marcos de analisis, los documentos de creación de la Reserva, las visitas de campo, las entrevistas con responsables por la gestión de las unidades y las opiniones de autores reconocidos.

Palabras-Claves: Urbanización, Parque Estadual da Serra da Cantareira, APA  Capivari-Monos, Presión Antrópica

DOI: 10.4215/RM2009.0816.0003

Published
09/10/2009
How to Cite
MELLO-THERY, Neli de; CORREIA, Benedito Oscar. PRESSÃO URBANA EM ÁREAS DE FLORESTAS: HISTÓRIA E CONFLITOS DA PROTEÇÃO AMBIENTAL (pressure on urban forests: city of Sao Paulo, Brazil). Mercator, Fortaleza, v. 8, n. 16, p. 33 a 44, oct. 2009. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/308>. Date accessed: 03 july 2020.
Section
ARTICLES