USO DE DADOS CLIMÁTICOS PARA ANÁLISE ESPACIAL DE RISCO DE INCÊNDIO FLORESTAL (climatic data use for spatial analysis of forest fire risk)

  • Keyla Manuela Alencar da Silva Alves UFPE
  • Ranyére Silva Nóbrega UFPE

Abstract

O presente artigo tem como objetivo propor uma analise espacial do risco de incêndio florestal através da analise de dados climáticos (precipitação e umidade) em SIG, e aplicação dos mesmos no índice Monte Alegre, desenvolvido no Brasil, o índice possui uma metodologia que diminui o risco à medida que ocorre precipitação, sendo o volume de chuva em mm considerado para mudança de faixa de perigo. A área escolhida para o estudo é o Parque Nacional do Catimbau, única unidade de conservação nacional continental do estado de Pernambuco. O mesmo encontra-se inserido nos municípios de Buíque, Tupanatinga e Ibimirim. Os resultados obtidos a partir do índice Monte Alegre foram exportados e transformados em mapas na escala de 1:400.000, e correspondem ao ano de 2008. Por fim, este trabalho desenvolveu um resultado de importância substancial para diversas categorias de planejamento e gestão do meio ambiente do Parque Nacional do Catimbau, uma vez que os dados a respeito de incêndios florestais no Parque Nacional do Catimbau são escassos, e para alguns períodos até inexistentes. Esta pesquisa auxiliará a continuidade de estudos futuros em áreas de conservação com tipologias semelhantes.

Palavras-chave: Unidade de conservação, SIG, incêndios florestais.

Abstract

This article objectived a spatial analysis of forest fire risk through the climatic data analysis (precipitation and humidity) in GIS, and implementing Monte Alegre index, developed in Brazil, the methodology index reduces the risk as precipitation occurs, and the volume of rainfall in mm considered to change the range of danger. National Park Catimbau was area chosen for the study, the only national conservation continental unity of the Pernambuco State. The same is inserted in the Buíque and Tupanatinga Ibimirim cities. Results from Monte Alegre index were exported and transformed into maps on a scale of 1:400,000, and correspond to the year 2008. Finally, this study developed a result of substantial importance for various categories of planning and environmental management of the National Park Catimbau, since the data on forest fires in the National Park Catimbau are scarce, and for some periods of up nonexistent. This research will help the continuity of future studies in conservation areas with similar types.

Key words:  Conservation unit, GIS, forest fires.

Resumen

Este artículo tiene por objeto proponer un análisis espacial del riesgo de incendios forestales a través del análisis de datos climáticos (precipitación y humedad) en SIG y la aplicación de los mismo en el Índice Monte Alegre, desarrollado en Brasil, el índice cuenta con una metodología que reduce el riesgo cuando ocurrí la precipitación , y el volumen de las precipitaciones en mm considera cambiar el rango de peligro. La zona elegida para el estudio es el Parque Nacional Catimbau, la única unidad de conservación nacional continental del estado de Pernambuco. Lo mismo se inserta en las ciudades de Buíque, Ibimirim y Tupanatinga. Los resultados del índice de Monte Alegre se exportaron y se transforma en mapas a escala 1:400.000, y corresponden al año 2008. Por último, este estudio desarrolló un resultado de importancia sustancial para las diversas categorías de planificación y gestión ambiental del Parque Nacional Catimbau, ya que los datos sobre los incendios forestales en el Parque Nacional Catimbau son escasos, y para algunos períodos son inexistentes. Esta investigación ayudará a la continuidad de los estudios futuros en áreas de conservación con tipos similares.

Palabras clave: Unidades de Conservación, SIG, Incendios Forestales.


DOI: 10.4215/RM2011.1022.0013

Author Biographies

Keyla Manuela Alencar da Silva Alves, UFPE
Graduada em Geografia com habilitação em bacharelado (UFPE -2009). É mestranda em Geografia Pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Pesquisa Modelagem Climática conceitual aplicada à agricultura, e agroclimatologia. Trabalhou com monitoramento de incêndios florestais através de índices climáticos. E atua nos campos da Climatologia, Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento, com ênfase em planejamento e monitoramento de eventos e fenômenos climáticos.
Ranyére Silva Nóbrega, UFPE
Professor Adjunto - UFPE/DCG na área de Climatologia. Professor no programa de Pós-graduação em Geografia. Editor chefe da Revista de Geografia (UFPE). Membro do corpo editorial da Revista Brasileira de Geografia Física, e revisor de outros períodicos nacionais.e internacionais. Consultor Ad Hoc de instituições de fomento. Chefe do Departamento de Ciências Geográficas. Autor de artigos, capítulos de livros, relatórios técnicos e trabalhos de congressos. Pesquisas e ensino na área de Geociências, com ênfase em Impactos Climáticos, Meteorologia de Mesoescala, Climatologia, Hidrometeorologia, Termodinâmica da Atmosfera, Eventos Extremos e Sensoriamento remoto aplicado (satélite e radar meteorológico) e com atividades de Extensão na área de Educação Ambiental. Atuou como Analista Intelectual e Chefe da Divisão de Meteorologia do CR-Porto Velho no SIPAM. Doutorado em meteorologia, Graduação em Meteorologia, Mestrado em Meteorologia de Mesoescala.
Published
19/06/2011
How to Cite
ALVES, Keyla Manuela Alencar da Silva; NÓBREGA, Ranyére Silva. USO DE DADOS CLIMÁTICOS PARA ANÁLISE ESPACIAL DE RISCO DE INCÊNDIO FLORESTAL (climatic data use for spatial analysis of forest fire risk). Mercator, Fortaleza, v. 10, n. 22, p. p. 209 a 219, june 2011. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/445>. Date accessed: 29 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Unidade de conservação, SIG, incêndios florestais.