POLÍTICAS PÚBLICAS DE TURISMO EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO (public policy for tourism in conservation units)

  • Márcio Balbino Cavalcante Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Edna Maria Furtado Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Abstract

As políticas públicas de turismo vêm ocupando espaço signifi cativo no âmbito do planejamento e da gestão pública nas mais diferenciadas escalas. Este trabalho versa sobre o desenvolvimento do turismo em Unidades de Conservação e a necessidade de criação de políticas públicas inclusivas, tendo como estudo de caso, o Parque Estadual da Pedra da Boca, localizado no município de Araruna/PB, concentrando as atenções nas atividades desenvolvidas no Parque, em especial, as práticas ecoturísticas existentes na área. Para a concretização deste estudo foram desenvolvidas as seguintes etapas metodológicas: levantamento bibliográfi co, pesquisa de campo, registro fotográfico e aplicação de questionários para a coleta de dados sobre os aspectos geoambientais, turísticos e socioculturais do local. Os dados e as informações obtidas demonstram que o Parque conta com um potencial natural notável para o turismo, em especial o ecoturismo, porém, precisa-se que sejam desenvolvidas ações efetivas por meio de políticas públicas, para compatibilizar a atividade ecoturística e a preservação do ambiente, ambas pautadas na ótica do desenvolvimento sustentável. 
Palavras-chave: Políticas públicas. turismo. Unidades de Conservação.  

ABSTRACT 
Public policies for tourism are occupying signifi cant space in the planning and public management in the most different scales. This works describes the development of tourism in protected areas and the need for creation of inclusive public policies, taking as a case study, the Parque Estadual da Pedra da  Boca, located in the municipality of Araruna /PB, focusing attention on activities in Park, in particular the practice ecotourism in the area. To achieve this study developed the following methodological steps: literature review, fi eld research, photographic documentation and questionnaires to collect data on geo-environmental aspects, socio-cultural and tourist site. The data and information obtained show that the park has a remarkable natural potential for tourism, especially ecotourism, however, must be developed that are effective actions through public policies, to match the ecotourism activity and preserve the environment, both utilizedin the view of sustainable development. 

Key words:Public policy. tourism. Conservation Units.

RESUMEN 
Las políticas públicas para el turismo son el espacio que ocupan importantes en la planifi cación y la gestión pública en las escalas más diferentes. Este trabajo describe el desarrollo del turismo en áreas protegidas y la necesidad de creación de políticas públicas inclusivas, tomando como caso de estudio, el Parque Estadual da Pedra da Boca, ubicado en el municipio de Araruna / PB, centrando la atención en las actividades en Parque, en particular, la práctica del ecoturismo en la zona. Para alcanzar este estudio desarrollado los pasos metodológicos siguientes: revisión de la literatura, la investigación de campo, documentación fotográfi ca y cuestionarios para recopilar datos sobre los aspectos geoambientales, socio-culturales y sitio turístico. Los datos e informaciones obtenidos muestran que el parque tiene un notable potencial natural para el turismo, especialmente el ecoturismo, sin embargo, se deben desarrollar acciones que sean efectivas a través de políticas públicas, para que coincida con la actividad de ecoturismo y preservar el medio ambiente , ambos utilizados en la vista del desarrollo sostenible. 

Palabras-claves: Políticas públicas. turismo. Unidades de Conservación. 


DOI: 10.4215/RM2011.1021.0009

Author Biographies

Márcio Balbino Cavalcante, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Mestre em Geografia  pelo Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Pesquisador do ";;;Terra - Grupo de Pesquisa Urbana, Rural e Ambiental";;; e do ";;;Grupo de Estudos em Recursos Naturais";;;, ambos do Departamento de Geografia da UEPB/CNPq; e Membro do ";;;Conselho Consultivo do Parque Estadual da Pedra da Boca - PEPB";;;. É autor de 01 Livro e 05 Capítulos de Livros. Publicou 16 Artigos completos publicados em Periódicos Científicos e 32 Trabalhos publicados em Anais de Eventos Científicos. É também integrante da Equipe Editorial da Revista Espaço Acadêmico da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Colaborador e avaliador da Revista Caminhos da Geografia (UFU), Boletim de Geografia (UEM), Caderno Virtual de Turismo (UFRJ), Revista OKARA: Geografia em debate (UFPB), Revista Espaço Acadêmico (UEM), Gaia Scientia (PRODEMA/UFPB), entre outras. Tem experiência na área de Geografia e de Educação (Ensino de Geografia nos níveis Fundamental, Médio e Superior); com ênfase em Geografia e em Ensino de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Dinâmica Regional; Geografia do Turismo; Turismo em Unidades de Conservação, Análise Geoambiental, Planejamento e Gestão Geoambiental, Educação Ambiental, Ensino de Geografia.
Edna Maria Furtado, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005). Atualmente é professor associado I da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, lotada no Departamento de Geografia. Tem experiência na área de Geografia Urbana e Agrária, com ênfase em Turismo, abordando principalmente os seguintes temas: políticas públicas, produção do espaço urbano e agrário, turismo, relações de trabalho, migração e qualidade de vida.
Published
19/04/2011
How to Cite
CAVALCANTE, Márcio Balbino; FURTADO, Edna Maria. POLÍTICAS PÚBLICAS DE TURISMO EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO (public policy for tourism in conservation units). Mercator, Fortaleza, v. 10, n. 21, p. 133 a 146, apr. 2011. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/492>. Date accessed: 28 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Políticas Públicas; Turismo; Unidades de Conservação