O TERRITÓRIO COMO REPRESENTAÇÃO (the territory as representation)

  • Andre Santos da Rocha Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ

Abstract

O presente artigo tem o objetivo de expor referências teóricas sobre o conceito de território, apontando como a atual concepção de poder se imbrica na produção do espaço. Apresenta-se reflexões acerca da relação entre representação e território. Entende-se que uma representação pode ser construtora de um território, e por ele é estruturado. O território é visto como uma construção material e representacional (simbólica), e sua composição revela estreitos vínculos de interesses que se desenvolvem através de choques e assimilações entre diferentes cenários. Dar-se-á, como exemplo empírico, a ambivalência sobre a composição territorial da Baixada Fluminense, em que o número de municípios que faz parte de sua composição muda de acordo com os jogos de representações e disputas de legitimidade entre diversos atores, sujeitos e agentes políticos neste espaço, surgindo um território que se manifesta na inclusão e/ou exclusão de algumas cidades. 

Palavras-chave: Território, Representações, Baixada Fluminense.

ABSTRACT

The article  as have objective show teoric’s refences about the territory concept,  pointing to the current power of conception’s is  incorporated in the production of space. We present reflections about representation and territory relations. Understand  that a representation can be one territory builder’s,  and for it built. The Territory is view as material and representational (simbolic)  construction and yours composition reveals very near interest of relation that if develop through shock and assimilation between representations different. We will present how empiric exemple the ambivalence about the territorial composition of Baixada Fluminense, where the number of municipalities that are of your composition changes in accordance with the representations and legitimacies of disputes between actores, subjects and political agents this space about, bilding a territory that manifests itself on inclusion and exclusion of municipalities certain.

Key words: Territory, Representation, Baixada Fluminense.

RESUMEN

El artículo tiene como objetivo exponer referencias teóricas sobre el concepto de territorio,  señalando cómo la actual concepción de poder se incorpora en la producción del espacio. Se presenta reflexiones acerca de la relación entre representación y territorio. Se entiende que una representación puede ser constructora de un territorio, y así estructurarlo. El territorio es visto como un material de construcción y de representación (simbólica) y su composición revela estrechos vínculos de interés que se desarrollan por golpes y asimilaciones entre distintos escenarios. Se dará, como ejemplo empírico,  la ambivalencia sobre la composición territorial de la Baixada Fluminense, en el que el número de municipios que forma parte de su composición cambia de acuerdo con los juegos de representaciones de la legitimidad y los conflictos entre los diferentes actores, sujetos y agentes políticos en este espacio, surgiendo un territorio que se manifiesta en la inclusión y/o exclusión de algunas ciudades.

Palabras clave: Territorio, Representaciones, Baixada Fluminense.

DOI:

Author Biography

Andre Santos da Rocha, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ
Professor Assistente I do Departamento de Geociências da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro -UFRRJ; Doutorando em Geografia pelo PPGG/UFRJ e Mestre em Geogfrafia pela UFF. Atua nas áreas de Geografia Política e Regional com enfase na abordagem cultural.
Published
18/09/2013
How to Cite
ROCHA, Andre Santos da. O TERRITÓRIO COMO REPRESENTAÇÃO (the territory as representation). Mercator, Fortaleza, v. 12, n. 29, p. 139 a 153, sep. 2013. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/787>. Date accessed: 06 apr. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Território; Representações; Baixada Fluminense;