CAPITALISMO IMOBILIÁRIO E FINANCEIRO E IMPLICAÇÕES SOCIAIS DA PRODUÇÃO HABITACIONAL EM BARCELONA (real estate and financial capitalism and the social implications of housing production in Barcelona)

  • Danilo Volochko Universidade de São Paulo - São Paulo (SP)

Abstract

A análise da metrópole de Barcelona nos ajuda a compor a problemática da financeirização da produção do espaço que vem ocorrendo nos últimos anos em diversos países, entre eles o Brasil. Tal processo se apresenta no mundo com ritmos e intensidades distintas, pois conta com diferentes mediações históricas, político-institucionais, econômicas, ideológicas e sociais entre os países de economia avançada e aqueles chamados em desenvolvimento. Neste sentido, é importante considerar o modo como este processo ocorre num país como a Espanha, que apoiou seu grande crescimento econômico da última década nos fundamentos da produção imobiliária do espaço sob um capitalismo financeirizado. É possível identificar as contradições presentes naquele país em torno da realização dos negócios imobiliários – a valorização crescente do solo urbano – e os embates postos pela apropriação do espaço urbano para a moradia, que revelam a luta contra a expropriação financeira e imobiliária dos habitantes mais pobres ou sobreendividados. Este caminho pode nos auxiliar na interpretação da produção mundializada do espaço, lida, no caso aqui tratado, por meio da expansão metropolitana periférica da produção da habitação em Barcelona, que nos coloca diante de uma crise não apenas econômica mas sobretudo de uma crise social mais ampla.

Palavras-chave
: Financeirização, produção do espaço, metropolização, habitação, Barcelona, lutas.  

ABSTRACT

The analysis of the metropolis of Barcelona allow us to deal with the process of financialization of the production of space that has been occurring in recent years in several countries, including Brazil. This process has different rhythms and intensities around the world, as it faces different historical, political-institutional, ideological and social arrangements among advanced economies countries and the so-called developing countries. In these sense, it is important to consider the way this process take place in a country like Spain, which supported its high economic growth in the last decade in the property development which produces space under a financial capitalism. It is possible to identify the contradictions within the property development in that country – the rising value of urban land – and the conflicts posed by the use of the space for living, which reveal the struggle against real state and financial expropriation of the poorest or over-indebted people. This analysis can help us interpreting the globalized production of space, taken, in the case treated in this article, through the extend of the housing projects for the outskirts of the metropolis of Barcelona, which confront us with a crisis that is not only economic but a wider social crisis.

Key words: Financialization; production of space, housing, metropolization, Barcelona, struggles.   

RESUMEN

El análisis de la metrópoli de Barcelona nos ayuda a tomar el tema de la financiarización de la producción del espacio que ha venido ocurriendo en los últimos años en varios países, incluso en Brasil. Este proceso se presenta en el mundo con distintos ritmos e intensidades, ya que cuenta con diferentes mediaciones históricas, políticas, institucionales, económicas, ideológicas y sociales entre los países de economías avanzadas y aquellos llamados en desarrollo. En este sentido, es importante considerar el modo como ocurre este proceso en un país como España, que sustentó su gran crecimiento económico de la última década en las bases de la producción inmobiliaria del espacio bajo un capitalismo financiarizado. Es posible identificar en este país las contradicciones acerca de la realización de los negocios inmobiliarios – lo incremento del valor del suelo urbano – y los conflictos planteados por la apropiación del espacio urbano para la vida de la gente, lo que revela la lucha contra la expropiación financiera y inmobiliaria de los hogares más pobres o sobreendeudados. Este camino nos puede ayudar en la interpretación de la producción globalizada del espacio, en el caso aquí planteada a través de la expansión metropolitana y periférica de la producción de la vivienda en Barcelona, lo que nos pone frente a una crisis no sólo económica sino más bien una gran crisis social. 

Palabras clave: Financiarización, producción del espacio, vivienda, metropolización, Barcelona, luchas.

DOI: 10.4215/RM2012.1125.0005

Author Biography

Danilo Volochko, Universidade de São Paulo - São Paulo (SP)
Doutor em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2012). Realizou Estágio de Doutorado no Departament de Geografia da Universitat de Barcelona. É pesquisador do GESP (Grupo de Geografia Urbana Crítica Radical) do Laboratório de Geografia Urbana do Departamento de Geografia-FFLCH/USP. Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: geografia, método, pesquisa, metrópole, reflexão sobre a produção capitalista do espaço urbano (envolvendo o capital financeiro, os negócios imobiliários e as novas políticas habitacionais) e a vida cotidiana.
Published
13/07/2012
How to Cite
VOLOCHKO, Danilo. CAPITALISMO IMOBILIÁRIO E FINANCEIRO E IMPLICAÇÕES SOCIAIS DA PRODUÇÃO HABITACIONAL EM BARCELONA (real estate and financial capitalism and the social implications of housing production in Barcelona). Mercator, Fortaleza, v. 11, n. 25, p. 59 a 70, july 2012. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/881>. Date accessed: 30 mar. 2020.
Section
ARTICLES

Keywords

Financeirização, produção do espaço, metropolização, habitação, Barcelona, lutas.