SISAL IN BAHIA - BRAZIL

  • Edinusia Moreira Carneiro Santos Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Onildo Araujo da Silva Universidade Estadual de Feira de Santana

Abstract

There is a space in the state of Bahia - Brazil, which has been historically differentiated due to the predominance of the productive process of sisal. The use of agave sisalana was able to establish a productive
chain for export, which had sufficient impact to spatially differentiate a large portion of the semiarid in
Bahia, known as the Sisaleira Region. Our investigation identifies the origin of this process and proposes
its analysis from the definition of periods that allow the temporal situation of the expansion and reduction
of the planted area of sisal in order to identify the influence of this process on the economy and the politics
of the municipalities involved. We present a characterization of the productive process of sisal and
attempt to understand the formation of the Sisaleira Region from the following periods: the beginnings
of the sisaleira crop; the creation of the productive system of sisal; the apogee of the green gold of the
sertão; the lost decade of sisal; and the current period of restructuring. Our analysis seeks to understand
how economics and politics are articulated in the process of differentiation that resulted in the formation
of the Sisaleira Region.

Keywords: Sisal; Productive Process; Prosperity and Poverty.

Author Biographies

Edinusia Moreira Carneiro Santos, Universidade Estadual de Feira de Santana

Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe (2007). Atualmente é Professora Adjunto da Universidade Estadual de Feira de Santana, do Mestrado Profissional em Planejamento Territorial e da Graduação em Geografia. Atua na docência, na Ãrea de Metodologia Científica e Geografia Econômica.  Já atuou na docência da Ãrea de Metodologia do Ensino da Geografia. No Âmbito da pesquisa, atua principalmente nos seguintes temas: Região Sisaleira da Bahia, desenvolvimento regional, associativismo e movimentos sociais. É autora dos livros Associativismo e Desenvolvimento: O Caso da Região Sisaleira da Bahia e Gente ajudando gente: o tecido associativista do Território do Sisal

Onildo Araujo da Silva, Universidade Estadual de Feira de Santana

Doutor em Geografia pela Universidade de Santiago de Compostela - USC (2009). É professor titular da Universidade Estadual de Feira de Santana, onde atua na graduação em Geografia, no Mestrado Profissional em Planejamento Territorial (coordenador) e na coordenação do Grupo de Pesquisa em Geografia e Movimentos Sociais (GEOMOV). Os principais temas de interesse e pesquisa são: ensino de geografia, recursos hídricos e ação do Estado, espaço rural e pequenas cidades, movimentos sociais e territorialidade. Participa da Rede de Pesquisa Cidades Médias e Pequenas do Estado da Bahia (Rede CMP) e desenvolve projetos de pesquisa que focam a inter-relação entre movimentos sociais e ação do Estado com foco para as pequenas cidades, principalmente no Território do Sisal no Estado da Bahia. 

Published
20/12/2017
How to Cite
SANTOS, Edinusia Moreira Carneiro; SILVA, Onildo Araujo da. SISAL IN BAHIA - BRAZIL. Mercator, Fortaleza, v. 16, dec. 2017. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/e16029>. Date accessed: 29 mar. 2020. doi: https://doi.org/10.4215/rm2017.e16029.
Section
ARTICLES

Keywords

Sisal, Processo Produtivo, Prosperidade e Pobreza