SPATIAL PRODUCTIVITY AND COMMODITY, MATO GROSSO DO SUL - BRAZIL

Abstract

This text aims to promote a reflection on the subject of the privileged geographical location that is credited to the State of Mato Grosso do Sul, analyzing the point of view of its trade relationships, based on the exports of commodities. This essay does not consider “logistic efficiency” as a given, as a value in itself. The relationships of production have not reached a level of maturity in a way that designs, defines and funds a technical apparatus that can be called “efficient” in its displacement costs. There is an unsatisfactory materiality that, if it does not compromise the international insertion of the state, at the very least weakens it. Methodologically, the notion of spatial productivity developed by Milton Santos is used. The reflections presented in this text may also be appropriate for cases in other units of the federation whose economic dynamics are based on the production of commodities.


Keywords: Spatial productivity; Logistic efficiency; Commodities; Geographic location.

Author Biography

Lisandra Pereira Lamoso, Universidade Federal da Grande Dourados

Doutora em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo. Estágio de pós-doutoramento no Instituto de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora na Graduação e no Mestrado em Geografia, na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

References

AGÊNCIA BRASILEIRA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS. Exportações brasileiras e os ciclos de commodities: tendências recentes e perspectivas. Brasília : APEX, jul.2011.
AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES. Rumo Malha Oeste S/A. Disponível em http://www.antt.gov.br/ferrovias/America_Latina_Logistica_Malha_Oeste_SA.html
ANDRADE, Vinícius de Souza. O setor de celulose e papel em Três Lagoas-MS: Inserção no mercado internacional e transformações logísticas. In: LAMOSO, Lisandra. Relações internacionais de Mato Grosso do Sul. Curitiba : Íthala, 2016.
BERNARDES, Julia Adão; ARACRI, Luis Angelo dos Santos (orgs.). Espaço e circuitos produtivos. Rio de Janeiro : Arquimedes, 2010.
CASTILLO, Ricardo Abid. Agricultura globalizada e logística nos cerrados brasileiros. In: SILVEIRA, Márcio Rogério (org). Circulação, transportes e logística. São Paulo : Outras Expressões, 2011. p.311-354
CASTILLO, Ricardo; FREDERICO, Samuel. DINÂMICA REGIONAL E GLOBALIZAÇÃO: espaços competitivos agrícolas no território brasileiro. Mercator, 2010. V.9, n.18, 17–26. Disponível em http://www.mercator.ufc.br/mercator/artcle/view/330.
CENTRO DE ANÁLISIS Y DIFUSIÓN DE LA ECONOMIA PARAGUAYA.Datos de exportación, importación y reexportación. Asunción : CADEP, 2015. Disponível em http://www.cadep.org.py/OBEI/inicio.
DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO MINERAL. Sumário Mineral 2014. v.34. Brasília : DNPM, 2014.
FREDERICO, Samuel. O novo tempo do Cerrado. São Paulo : Annablume/FAPESP, 2010.
INSTITUTO BOLIVIANO DE COMÉRCIO EXTERIOR. Boletim eletrônico de comércio exterior. La Paz : IBCE, 2015. INSTITUTO NACIONAL DE ESTADÍSTICA Y CENSOS. Origen provincial de las exportaciones argentinas - 2014. Buenos Aires : INDEC, 2015. Disponível em http://www.opex.indec.gov.ar/. .
LAMOSO, Lisandra Pereira. Commodities. In: SILVEIRA, M. R. (org.). Circulação, transportes e logística. São Paulo : Outras Expressões, 2011.
LAMOSO, Lisandra Pereira. Dinâmicas produtivas da economia de exportação no Mato Grosso do Sul - Brasil. Mercator, Fortaleza, v. 10, n. 21, p. 33 a 47, apr. 2011. ISSN 1984-2201. Disponível em: . Acessado em 14 feb. 2018.
MENEGHETTI, Francis Kanashiro. O que é um ensaio-teórico? RAC, Curitiba, v. 15, n. 2, pp. 320-332, Mar./Abr. 2011 Disponível em
MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO. Estatísticas de comércio exterior. Disponível em http://www.mdic.gov.br//sitio/interna/interna.php?area=5&menu=1076
MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES. Acompanhamento das concessões ferroviárias - relatório anual GEROF/SUFER. Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Brasília, 2014.
PAREJA, Gabriel Narciso. Logística e relações de mercado na produção de minério de ferro de Mato Grosso do Sul. In: LAMOSO, Lisandra. Relações internacionais de Mato Grosso do Sul. Curitiba : Íthala, 2016.
PRATES, Daniela; MARÇAL, Emerson Fernandes. O papel do ciclo de preços das commodities no desempenho recente das exportações brasileiras. Revista Análise Econômica, Porto Alegre, ano 26, n. 49, p. 163-191, março de 2008.
SANTOS, Milton. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo. Razão e Emoção. São Paulo : Hucitec, 1996.
SILVEIRA, Márcio Rogério. Geografia da Circulação, Transportes e Logística. In: _____ . (org). Circulação, transportes e logística. São Paulo: Outras Expressões, 2011. p. 21-69.
SOUZA, Marcelo Lopes de. Os conceitos fundamentais da pesquisa sócio-espacial. Rio de Janeiro: Bertrand, 2014.
VAINER, Carlos. Fragmentação e projeto nacional: desafios para o planejamento territorial. Anais. XII Encontro da Associação nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional. Belém : ANPUR, 2007.
Published
25/05/2018
How to Cite
LAMOSO, Lisandra Pereira. SPATIAL PRODUCTIVITY AND COMMODITY, MATO GROSSO DO SUL - BRAZIL. Mercator, Fortaleza, v. 17, may 2018. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/rm170012>. Date accessed: 29 mar. 2020. doi: https://doi.org/10.4215/rm2018.e17012.
Section
ARTICLES

Keywords

produtividade espacial; eficiência logística; commodities; localização geográfica.