DISCOURSE ANALYSIS OF THE AUTHORS/ACTORS FROM THE NHECOLÂNDIA PANTANAL

Abstract

A inclusão da análise de sentimentos na abordagem ambiental reflete os diferentes olhares em relação à paisagem de um Território. Sendo assim, com metodologia baseada em entrevistas semi-dirigidas, aplicadas a pantaneiros, habitantes a mais de 20 anos no Pantanal, esse trabalho objetivou, através da análise do discurso, compreender as interações entre os a(u)tores da paisagem pantaneira com a natureza, e sobretudo com os elementos que compõem a paisagem do Pantanal da Nhecolândia. Os resultados demonstraram uma proximidade, conscientização e relação íntima perante a importância ambiental da área e dos elementos da paisagem, além de detectarem indícios de uma relação que caminha para a eminência de um conflito cultural entre pantaneiros e os novos proprietários de terras no Pantanal da Nhecolândia.

Palabras claves: Cultura; Pantaneiro; Entrevistas-semidirigidas.

Author Biographies

Mauro Henrique Soares da Silva, Federal University of Mato Grosso do Sul (UFMS), Três Lagoas (MS), Brazil.

DDoutorado pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da UNESP, Campus de Presidente Prudente (2012), com estágio de doutorado na Universade de Coimbra (2011). Foi professor contratado da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e professor da rede estadual de educação do Governo do Estado do Mato Grosso do Sul. Atuou também como professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional na Universidade Anhanguera-UNIDERP em Campo Grande - MS, onde Coordenou o Laboratório de Geoprocessamento. Atualmente é Professor Adjunto no Curso de Geografia, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas - MS, além de atuar no Programa de Pós Graduação em Geografia (Nível Mestrado) na mesma instituição. Tem experiência na área de geografia física com ênfase na Análise Integrada da Paisagem, Biogeografia, Climatologia e Geotecnologias. 

Messias Modesto dos Passos, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente (SP), Brasil.

Doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1988); 02 Pós-Doutorados na Université Rennes 2 ? França: 1992-1994 e 2002. Atualmente é professor titular da Universidade Estadual de Maringá. Autor de treze livros, com destaque para ?Biogeografia e Paisagem?/EDUEM, ?Amazônia: Teledetecção e Colonização?/EDUNESP e ?A raia divisória São Paulo ? Paraná ?Mato Grosso do Sul: Geossistema, Território e Paisagem?/EDUEM. Coordenador do Projeto Temático: ?Dinâmicas socioambientais, desenvolvimento local e sustentabilidade na raia divisória São Paulo ? Paraná ? Mato Grosso do Sul?, apoiado pela FAPESP. Coordenador do Projeto: A paisagem, uma ferramenta de análise para o desenvolvimento sustentável de territórios emergentes na interface entre natureza e sociedade, apoiado pelo CNPq. Coordenador do Projeto "GEÓIDE: os países de língua portuguesa" apoiado pelo Programa CAPES-FCT. É autor de 08 documentários em DVD abordando as dinâmicas sócio-ambientais do território brasileiro (Pantanal, Colonização Agrícola no Mato Grosso, BR-163, A gestão da água...). É Membre Associé au Laboratoire Costel - Université Rennes 2 - France. Docente do Programa de Pós-graduação em Geografia

References

CUNHA, N.G. Considerações sobre os solos da sub-região da Nhecolândia, Pantanal Mato-Grossense. Corumbá, EMBRAPA-EUPAE de Corumbá, 1980. (Circular técnico, 1).
ESPINDOLA, D. J. O Peão Pantaneiro (seu meio, suas lidas, suas crenças: sua historia). Revista Universo. Nº 01 – XII Jornada Científica - Campus de Niteroi, 2010. In: http://revista.universo.edu.br/index.php/1reta2/article/viewFile/272/164. Acessado em 16/09/2011.
FERNANDES, E., Caracterização dos Elementos do meio Físico e da Dinâmica da Nhecolândia, (Pantanal Sul-Mato-grossense). Universidade de São Paulo, Dissertação de mestrado, São Paulo, 2000.
MOURÃO, G. M. Liminologia comparativa de três lagoas (duas “baías e uma “salina”) do Pantanal da Nhecolândia, MS. São Carlos: UFSCAR, 1989. 135p.
PASSOS, M.M. A Raia Divisória: geossistema, paisagem e eco-história. Maringá: Eduem, 2006.
POTT, Arnildo. Dinâmica da Vegetação do Pantanal. In: Anais do Segundo Congresso de ecologia do Brasil. Caxambú-MG, 2007
PROENÇA, A. C. Pantanal – Gente, Tradição e História. Ed. do autor. Campo Grande, MS: 1997.
QUEIROZ NETO, J.P.; LUCATI, H M., SAKAMOTO, A Y. Granulometria dos solos Arenosos da lagoa do Meio (Fazenda Nhumirim, Embrapa Pantanal). In: SIMPÓSIO SOBRE RECURSOS NATURAIS E SÓCIO-ECONÔMICOS DO PANTANAL, MANEJO E CONSERVAÇÃO, 3. 2000, Corumbá, MS.. Anais...Corumbá, MS. EMBRAPA-CPAP/UFMS, 2000.
RADAMBRASIL, Ministério das Minas e Energia. Secretaria Geral. Folha SE. 21 Corumbá e parte da Folha SE. 20, Geologia, Pedologia, Geomorfologia, Vegetação e Uso e Ocupação da Terra. Vol. 27, Rio de Janeiro, 1982.
REZENDE FILHO, A. T. Estudo da Variabilidade e Espacialização das Unidades da Paisagem: banhado (baía/vazande), lagoa salina e lagoa salitrada no Pantanal da Nhecolândia, MS. Dissertação (Mestrado), UFMS/CPAQ, Aquidauana, 2006.
RISSO, Luciene C. Paisagens e cultura: uma reflexão teórica a partir do estudo de uma comunidade indígena amazônica. Espaço e Cultura. Rio de Janeiro: UERJ, janeiro/junho de 2008.
SAKAMOTO, A.Y..“Dinâmica Hídrica em uma Lagoa “Salina” e seu Entorno no Pantanal da Nhecolândia: Contribuição ao Estudo das Relações Entre o Meio Físico e a Ocupação, Fazenda São Miguel do Firme, MS”. (Tese de doutoramento) Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/USP São Paulo, 1997.
SALIS, S. M., CRISPIM, S. M. Fitossociologia de quatro fitofisionomias arbóreas no Pantanal da Nhecolândia, Corumbá, MS. In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTANICA, 50. 1999. Blumenau. Programa e resumos…Blumenau: Sociedade Botânica do Brasil, 1999.
SALVI-SAKAMOTO, Luiza Luciana. A chuva na Bacia do Alto Paraguai: aspectos das flutuações interanuais durante o século XX. In. Anais... IV Simpósio do Pantanal: Sustentabilidade regional. EMBRAPA/Pantanal: Corumbá, 2004.
SANTOS, K. R. S. Biodiversidade de Algas e Cianobactérias de Três Lagoas (“Salina”, “Salitrada” e “Baía”) do Pantanal da Nhecolândia, MS, Brasil. Dissertação (Mestrado). Instituto de Botânica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente: São Paulo, 2008.
SILVA, M. H. S. Subsídios para a Compreensão dos Processos Pedogenéticos da Lagoa Salitrada: Pantanal da Nhecolândia, MS. Dissertação (Mestrado), UFMS/CPAQ: Aquidauana, 2007.
SOARES, A. P.; SOARES, P. C.; ASSINE, M.L. Areais e Lagoas do Pantanal, Brasil: herança paleoclimática?. Revista Brasileira de Geociências. Volume 33, 2003. p. 211 – 224.
SOUZA, Reginaldo José de. O Sistema GTP (Geossistema – Território – Paisagem) aplicado ao estudo sobre as dinámicas sócio-ambientais em Mirante do Paranapanema – SP. Dissertação (Mestrado) – Univ. Estadual Paulista, Faculdade de Ciência e Tecnologia. Presidente Prudente, 2010.
VIEIRA, R.A. O Homem Pantaneiro – Características e Cultura. In: SIMPÓSIO SOBRE RECURSOS NATURAIS E SÓCIO-ECONÔMICOS DO PANTANAL, SUSTENTABILIDADE REGIONAL, 4. 2004, Corumbá, MS.. Anais...Corumbá, MS. EMBRAPA PANTANAL, 2004.
VITTE, Antônio Carlos. A Geografia Física no Brasil: um panorama quantitativo a partir de perióticos nacionais (1928 – 2006). Revista da ANPEGE, v. 4, p. 47 – 60, 2007.
Published
05/07/2018
How to Cite
SOARES DA SILVA, Mauro Henrique; DOS PASSOS, Messias Modesto. DISCOURSE ANALYSIS OF THE AUTHORS/ACTORS FROM THE NHECOLÂNDIA PANTANAL. Mercator, Fortaleza, v. 17, july 2018. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/RMv17Txt15>. Date accessed: 03 july 2020. doi: https://doi.org/10.4215/rm2018.e17015.
Section
ARTICLES

Keywords

Cultura, Pantaneiro, Entrevistas-semidirigidas