CERRADO ENCLAVE AND THE UPDATE OF THE MAPPING OF LANDSCAPE UNITS IN THE STATE OF RIO GRANDE DO NORTE

Abstract

The mapping of landscape units is a dynamic process in which constant modifications are needed. Based on this, this article sought to update the mapping of landscape units in the state of Rio Grande do Norte. This was possible due to the combination of field activities and new methodological procedures, with analyzes and refinements of previous mappings conducted by Silva (2018), Bernardino (2019), and Souza (2020). The main result is the update of a mapping that includes the (re-) delimitation and (re-) classification of Morphoclimatic Domains, Natural Regions, and Geocomplexes in the territory of this state. A new unit was identified and inserted: a cerrado enclave, which, until then, had not been described and analyzed as such in the established literature; consequently, one more natural region and two geocomplexes were mapped and delimited. New territorial occurrences of units already identified/classified in the original work were also mapped and, therefore, there was a resizing of landscapes of different taxa, which resulted from these modifications and of the refinement of their limits, due to the greater scalar detail, with the deepening of
the research. 

Keywords: Keywords:Geosystem; Geoprocessing Techniques; Landscape Analysis.

Author Biographies

Marco Túlio Mendonça Diniz, Federal University of Rio Grande do Norte, Caicó (RN), Brazil.

Doutor (2013) em Geografia pela mesma universidade. Realizou Pós-Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Sergipe (2018). Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, editor chefe da Revista de Geociências do Nordeste e pesquisador dos Grupo de Pesquisa: Geoprocessamento e Geografia Física - LAGGEF/UFRN (líder); Gestão Integrada da Zona Costeira - LAGIZC, CNPq/UECE; GEOPLAN - Geoecologia e Planejamento Territorial - CNPq/UFS; MADES - MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÃ?VEL - CNPq/IFPI; e GENAT - Grupo de Pesquisa em Gerenciamento dos Riscos e Desastres Naturais, CNPq/UFRN. Foi premiado Pesquisador Destaque da UFRN - Edição 2020 na área de Ciências Humanas e Sociais, Letras e Artes. Membro do Comitê interno do PIBIC/CNPq/UFRN e do Comitê Externo do PIBIC/CNPq/UFPI. Parecerista Externo do Sistema de Bolsas da UECE. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Física, atuando principalmente nos seguintes temas: Geografia Costeira, Paisagem Integrada e Patrimônio Geomorfológico. 

Ana Caroline Damasceno Souza, Federal University of Rio Grande do Norte, Caicó (RN), Brazil

Doutora em Geografia (PROPGEO/UECE). Mestra e licenciada em Geografia (UFRN). É vinculada ao Grupo de Pesquisa em Biogeografia de Ecossistemas Tropicais (TRÓPIKOS/UFRN), coordenado pelo Prof. Dr. Diógenes Costa (UFRN), com pesquisa direcionada a Serviços Ecossistêmicos de Ambientes Estuarinos. É pesquisadora do Laboratório de Geologia e Geomorfologia Costeira e Oceânica (LGCO/UECE) sob orientação da Profª Drª Lidriana de Souza Pinheiro (UFC/UECE), com estudos voltados a serviços ecossistêmicos de manguezais. É pesquisadora colaboradora do Laboratório de Geoprocessamento e Geografia Física (LAGGEF/UFRN/CERES). Desenvolve estudos sobre serviços ecossistêmicos, análise ambiental e geossistemas.

Diogo Bernardino Santos de Medeiros, Federal University of Rio Grande do Norte, Içu (RN), Brazil

Mestre (PPGE/CCHLA, 2019), em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte,. Em 2020, foi aprovado em Processo Seletivo que lhe garantiu assumir, aos 23 anos, o cargo de Professor Temporário do Departamento de Geografia do Campus Avançado de Assu, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, onde está lotado atualmente (vigência até 09/2021). Conjuntamente, é Professor Colaborador Voluntário (PCV-externo) do Departamento de Geografia do Centro de Ensino Superior do Seridó, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (sendo, portanto, professor e aluno do mesmo curso, concomitantemente). Atua como pesquisador e membro do Laboratório de Geoprocessamento e Geografia Física ? LAGGEF/UFRN e dos Grupos de Pesquisa ?Geoprocessamento e Geografia Física? (CNPq/UFRN) e ?Ambiente e Sociedade? (CNPq/UERN). Sua produção científica é caracterizada pela busca da superação da dualidade Geografia Física-Geografia Humana, seja quando trabalha sob a perspectiva da Análise Integrada da Paisagem (Escola Francesa) ou, mesmo, quando se envereda pelas seguintes temáticas: Condicionamentos Naturais da Formação Econômica e Territorial, Cartografia Histórica, Valorização do Espaço e dos Recursos Naturais, Epistemologia da Ciência Geográfica (etc.). Ademais, adentra no campo da Filosofia da Ciência, no estudo do Determinismo (lato sensu); ao ramo da Cartografia/Geotecnologias; e ao Ensino de Geografia. Para mais, tem interesse em música, literatura, ciência e cinema, em geral.

Antônia Vilaneide Lopes Costa de Oliveira, Federal University of Rio Grande do Norte, Caicó (RN), Brazil

Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente no Programa Regional de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Sandro Damião Ribeiro da Silva, Federal University of Rio Grande do Norte, Caicó (RN), Brazil

Mestre (2018) e Doutorando (2018 - dias atuais) em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Geografia Física, atuando principalmente com questões teórico-epistemológicas. Atualmente, trabalha com discussões relacionadas ao Geossistema. 

References

AB’SÁBER, A. N. Os Domínios de Natureza do Brasil: potencialidades paisagísticas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.
ANGELIM, L. A. A.; MEDEIROS, V. C.; NESI, J. R. Mapa Geológico do Estado do Rio Grande do Norte: Programa Geologia do Brasil - PGB. Projeto Mapa Geológico e de Recursos Minerais do Estado do Rio Grande do Norte. Recife: CPRM/FAPERN, 2006.
BERNARDINO, D. S. M. Mapeamento e análise integrada das unidades de paisagem (geofácies) do Seridó Potiguar. 2019. 201 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia, Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
BEROUTCHACHVILI, N. L.; BERTRAND, G. Le geosysteme ou systeme territorial naturel. Revue Géographique des Pyrénés et du Sud-ouest, Toulose, v. 49, n. 2, p. 167-180, 1978.
BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. Tradução Olga Cruz. Caderno de Ciências da Terra. Instituto de Geografia da Universidade de São Paulo, n. 13, 1972.
BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Secretaria-Geral, Projeto RADAMBRASIL. Folhas SB. 24/25 Jaguaribe/Natal: geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação e uso potencial da terra. Rio de Janeiro, 1981.
CAVALCANTI, L. C. S.; CORRÊA, A. C. B. Problemas de hierarquização espacial e funcional na ecologia da paisagem: uma avaliação a partir da abordagem geossistêmica. Geosul, Florianópolis, v. 28, n. 55, p 143-162, jan./jun. 2013.
COBRAPE. Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos. Proposta final do MZPAS e minuta da norma de implantação da bacia do Piranhas-Açu. São Paulo, 2020. Disponível em: < https://www.macrozeepiranhas-acu.com/download >. Acesso em 07 out. 2020.
CORRÊA, R. L. Região: um conceito complexo. In: ______. Região e Organização Espacial. São Paulo: Editora Ática, 1986. 1. ed. p. 22-50.
DINIZ, M. T. M.; OLIVEIRA, A. V. L. C. Mapeamento das unidades de paisagem do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Boletim Goiano de Geografia (Online), Goiânia, v. 38, n. 2, p. 342-364, maio/ago. 2018
DINIZ, M. T. M.; OLIVEIRA, G. P.; MAIA, R. P.; FERREIRA, B. Mapeamento geomorfológico do estado do Rio Grande Do Norte. Revista Brasileira de Geomorfologia (Online), São Paulo, v. 18, n. 4, p. 689-701, 2017.
DINIZ, M. T. M.; PEREIRA, V. H. C. Climatologia do estado do Rio Grande Do Norte, Brasil: Sistemas atmosféricos atuantes e mapeamento de tipos de clima. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 3, p. 488-506, set./dez. 2015.
IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estados@. Disponível em: < https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/rn.html >. Acesso em: 07 out. 2020.
OLIVEIRA, F. F. G. Aplicação das técnicas de geoprocessamento na análise dos impactos ambientais e na determinação da vulnerabilidade ambiental no litoral sul do Rio Grande do Norte. 2011. 250 f. Tese (Doutorado Geociências e Meio Ambiente). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2011.
SILVA, S. D. R. Delimitação de unidades da paisagem do litoral setentrional potiguar e adjacências. 2018. 131 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia, Natal, 2018.
SOUZA, A. C. D. Compartimentação das Unidades de Paisagem do Litoral Oriental e Agreste do Rio Grande do Norte, Brasil. 2020. 183 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Programa de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia, Natal, 2020.
USGS - United States Geological Survey. USGS EROS Archive - Sentinel-2. Disponível em: < https://www.usgs.gov/centers/eros/science/usgs-eros-archive-sentinel-2?qt-science_center_objects=0#qt-science_center_objects >. Acesso em: 15 de mar de 2019.
Published
05/11/2022
How to Cite
DINIZ, Marco Túlio Mendonça et al. CERRADO ENCLAVE AND THE UPDATE OF THE MAPPING OF LANDSCAPE UNITS IN THE STATE OF RIO GRANDE DO NORTE. Mercator, Fortaleza, v. 21, nov. 2022. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/e21014>. Date accessed: 29 jan. 2023. doi: https://doi.org/10.4215/rm2022.e21014.
Section
ARTICLES