DEVELOPMENT AND RURAL TOURISM

Abstract

This research studies the rural development public policy and the rural tourism activity in Rosana and Presidente Epitácio municipalities in São Paulo State/Brazil and Santiago de Compostela and Padrón municipalities in Galicia/Spain. Thus, the general objective is to analyze the tourism territorialization process in rural areas and compare public policies for rural development based on case studies in the Pontal do Paranapanema region in the State of São Paulo and the Autonomous Community of Galicia/SP. The methodological procedures used comparative analysis, highlighting the experience of two Spanish municipalities, Santiago de Compostela and Padrón, to draw similarities and differences with the Brazilian cases. The main results obtained in Brazil derived from the actions of the National Program for the Strengthening of Family Agriculture (PRONAF). The research in Santiago de Compostela and Padrón identified the presence of rural tourism houses, which were restored through subsidies from European Union rural development policies.

Keywords: Tourism in the Countryside. Local Development Public Policy.

Author Biographies

Clediane Nascimento Santos, Universidade Federal do Rio Grande, Santa Vitória do Palmar (RS), Brasil

Doutora em Geografia pela UNESP-Campus de Presidente Prudente (2018). É pesquisadora do Grupo de Pesquisa de Turismo no Espaço Rural (GEPTER) e do Grupo de Estudos em Turismo do Extremo Sul (GETES). Professora do Magistério Superior da Universidade Federal do Rio Grande, Campus de Santa Vitória do Palmar. Possui artigos e capítulos de livros publicados na temática de políticas públicas, turismo, turismo no espaço rural, patrimônio, cultura, território, territorialidade e desenvolvimento local. 

Rosângela Custodio Cortez Thomaz, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente (SP), Brazil

 Doutora e mestre em Arqueologia pela Universidade de São Paulo (USP - Brasil); Licenciada e bacharel em Geografia pela UNESP de Presidente Prudente/SP; Professora Assistente Doutora do Curso de Turismo da Universidade Estadual Paulista ? UNESP, Campus de Rosana/SP; Professora Assistente Doutora do Programa de Pós-graduação em Geografia da UNESP de Presidente Prudente/SP (Linha de Pesquisa: Dinâmicas agrárias, políticas públicas e desenvolvimento regional); Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Turismo no Espaço Rural ? GEPTER/CNPq; Coordenadora geral da Rede Temática de Extensão Universitária Turismo, Sustentabilidade e Qualidade de Vida; Membro do CLAA - PET/MEC/SESU/UNESP; Membro da Comissão Local do CENEPP/Campus de Rosana/UNESP. Atualmente é membro do conselho municipal de turismo da Prefeitura Municipal de Rosana; tem experiência na área de Turismo, com ênfase em Turismo Rural, atuando principalmente nos seguintes temas: turismo, arqueologia, turismo rural, geografia do turismo e desenvolvimento regional.

References

ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO LOCAL (DELOA). Memória LEADER: 2007-2013.
Padrón: [s.l], 2015.
ASSOCIAÇÃO TERRAS DE COMPOSTELA. Programa LEADER (2007-2013). 2015. Disponível em:
http://www.terrasdecompostela.org/site/. Acesso em 10 de jan. 2017.
BRASIL. Secretaria Especial de Agricultura Familiar (SEAF). Informações sobre o PRONAF. Brasília.
2003. Disponível em: . Acesso em 20 out. 2017.
__________. Secretaria da Agricultura Familiar (SAF). Programa de Turismo Rural na Agricultura
Familiar 2004/2007. Brasília. [2008?]). Disponível em: . Acesso em 19 out. 2017.
__________.Banco Central do Brasil (BCB). Quantidade e valor dos contratos por região. Brasília:
Banco Central, 2013. Disponível em: <
http://www.mda.gov.br/sitemda/secretaria/saf-creditorural/base-de-dados-do-cr%C3%A9dito-pronaf>.
Acesso em 18 out. 2017.
__________. Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Relatórios sobre os municípios. Brasília:
MDA, 2015. Disponível em: . Acesso em 18 out. 2017.
__________. Lei nº 13.341, de 29 de setembro de 2016. Altera as Leis nº 10.683, de 29 de maio de
2003, que dispõe sobre a organização da Presidência da República e dos Ministérios, e 11.890, de 24 de
dezembro de 2008, e revoga a Medida Provisória nº717, de 16 de março de 2016. Senado Federal,
Brasília, DF, 2016. Disponível em: . Acesso em 30 abr.2018.
BUAINAIN, A. M.; ROMEIRO, A. R.; GUANZIROLI, C. Agricultura familiar e o novo mundo rural.
Sociologias, Porto Alegre, n.10, p. 312-347, jul./dez., 2003. Disponível em: . Acesso em 15 set. 2017.
CAMÓS ROMIO, M. La política de desarrollo rural en el marco de la Política Agraria Común. QDL
Estudios, n. 10, p. 22-34, fev. 2006. Disponível em: . Acesso em 01 nov. 2016.
ESPANHA. Ministério do Meio Ambiente, Meio Rural e Marinho (MARM). Rede Rural Nacional.
Leader en España (1991-2011): Una Contribución Activa al Desarrollo Rural. [s.l]: Ministério do Meio
Ambiente, Meio Rural e Marinho, 2011.
GONÇALVES, C.W.P. Geografia da riqueza, fome e meio ambiente: pequena contribuição crítica ao
atual modelo agrário/agrícola de uso dos recursos naturais. Revista Internacional Interdisciplinar
Interthesis, Florianópolis, v.1, n.1, p.1-55, 2004. Disponível em: <
https://periodicos.ufsc.br/index.php/interthesis/article/view/604>. Acesso em 10 set. 2017.
GUANZIROLI, C. et. al. Agricultura familiar e reforma agrária no século XXI. Rio de Janeiro:
Garamond, 2001.
INSTITUTO NACIONAL DE ESTADÍSTICA (INE). Dados populacionais. Galícia, 2016. Disponível
em: . Acesso em 10 jan. de 2016.
ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA (FAO).
La nueva ruralidad en Europa y su interés para América Latina. Roma: [s.l], 2003.
ORTEGA, A. C. Territórios deprimidos: desafios para as políticas de desenvolvimento rural. Campinas:
Editora Alínea/ Edufu, 2008.
SARTORI, G. Comparación y método comparativo. In: SARTORI, G.; MORLINO, L. La comparación
en las ciencias sociales. Madrid: Alianza Editorial, 1999, p.29-49.
SCHNEIDER, S. MATTEI, L.; CAZELLA, A. Histórico, caracterização e dinâmica recente do Pronaf –
Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar 1995-2003. In: SCHNEIDER, S; SILVA,
M. K.; MARQUES, P. E. M. (Orgs). Políticas públicas e participação social no Brasil rural. Porto
Alegre: 2009, p. 21-50
SOLLA, X. M. S. Los turismos de interior en Galicia: balance y perspectivas. Polígonos, Revista de
Geografia. León, n. 23, p. 213-234, 2012. Disponível em: . Acesso 30 out. 2015.
SPARRER, M. El turismo en espacio rural como una estrategia de desarrollo. Una comparación a nivel
europeo. 2005. 763f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade de Santiago de Compostela,
Faculdade de Geogarfia e História, Departamento de Geografia. Santiago de Compostela.
XUNTA DE GALÍCIA. Agência Galega de Desenvolvimento Rural. Liñas de axudas. 2015. Disponível
em: . Acesso em 10 jan. de 2016.
Published
05/11/2022
How to Cite
SANTOS, Clediane Nascimento; THOMAZ, Rosângela Custodio Cortez. DEVELOPMENT AND RURAL TOURISM. Mercator, Fortaleza, v. 21, nov. 2022. ISSN 1984-2201. Available at: <http://www.mercator.ufc.br/mercator/article/view/e21016>. Date accessed: 29 jan. 2023. doi: https://doi.org/10.4215/rm2022.e21016.
Section
ARTICLES